Parque Nacional Santa Tereza

Postado por

Parque  Nacional Santa Tereza

Depois de uma boa noite e algumas ondas em Punta del Diablo seguimos ao Parque  Nacional Santa Tereza. Uma segunda chance para o lugar, pois na primeira vez que fomos não tinhamos nos surpreendido tanto. Não iríamos dormir lá, só dar uma volta e depois seguir para La Pedreira.

23-Fotos-Parque-Santa-Tereza

Esse cara gente fina é o Rodrigo. Tiramos essa foto no dia em que nos conhecemos e ele é amigo de Velibor o cara que o Rodrigo conheceu no dia anterior em Punta Del Diablo. Vejam como são as coisas o destinos se encarrega de juntar as pessoas. E nada acontece por acaso.

Quem sabe encontraríamos o Amigo que o Rodrigo tinha feito na noite anterior. Como dessa vez não entramos pelo Forte como ontem acabamos descobrimos o famoso Parque de Santa Teresa de verdade, a primeira coisa que surpreendeu foi a quantidade de palmeiras existentes, é um caminho largo com várias uma ao lado da outra, é incrível de se ver.

São áreas e mais áreas de camping. A vida selvagem explode lá. Por onde se olha se vê a natureza em sua plenitude. Ao todo, são cinco praias que ficam localizadas dentro do parque. Play Grande, Playa del Barco Playa de Achirras, Playa de la Moza e uma piscina natural em El Chorro.

Depois de passar pelas duas primeiras praias que são praias maiores, fomos ao Mercado 2 do Parque e quase chegando vimos um Kombi ao longe, como sempre fomos atrás. Quando estacionamos e começamos a conversar descobrimos que além do outro Kombeiro também se chamar Rodrigo ele era amigo do cara que o Rodrigo conheceu na noite anterior.

Feito nossa ajuda para encontra-ló estava aí. Saímos e logo depois que havíamos começado a andar um carro começa a buzinar, mais uma coincidência, era o tal amigo. Fomos todos até o acampamento e lá fizemos uma fogueira e violão.

Acampamento com Rodrigo, Rodrigo, Dani, Velibor e mais um amigo Uruguayo, Fogueira, Violão, cerveja, noite muito especial e com amigos fica melhor ainda!

Acampamento com Rodrigo, Rodrigo, Dani, Velibor e mais um amigo Uruguayo, Fogueira, Violão, cerveja, noite muito especial e com amigos fica melhor ainda!

O parque é incrível e cada praia tem um estilo próprio. Lá se pode acampar, passar o dia, fazer caminhadas, é incrível para se fazer fotos. Rodamos mais de 80 km dentro do Parque e mesmo assim não conhecemos tudo.

Nesse parque começamos a entender um pouco sobre a cultura de camping  existente no Uruguai. Aqui as pessoas saem em suas férias e ficam em campings espalhados pela costa. Aqui no parque existem chalés para se alugar e espaços com energia e água para acampar. Então todos os estilos são bem vindos. Seja de barraca ou de Casa Rodante como eles chamam aqui.

Este parque é administrado pelo Exército e tanto para entrar como para sair temos que passar pela guarita. Pegar um ticket que é entregue na saída, nele diz se você vai só passear ou se vai ficar mais tempo. Somente para entrar não paga, mas para acampar sim.

21 Fotos Parque Santa Tereza

No outro dia fomos tomar café com as Kombis no mirador da Playa del Barco, logo o café virou uma roda de viola quando se juntaram a nós mais um casal de gaúchos a Fran e o Vini. Depois mais algumas pessoas passaram. Até uma Westifalia pintou lá, a primeira que tinhamos visto até o momento.

Agora se você quiser energia deve ir a alguma tenda assim pode comprar a carga do telefone ou do computador. Além dessas áreas o parque tem um observatório, imbernáculo, banheiros, vestiários, restaurante e mercados. São 100 hectares de história e natureza para desfrutar.

Trazer as bikes são uma boa dica pois o parque também oferece uma série de trilhas para serem feitas. Nossos últimos quilômetros dentro do Parque foram emocionantes, primeiro vimos viadinhos correndo pela frente do carro, lindos com aquele pelo caramelo todo malhado.

Depois tinhamos que encontrar o acampamento que tinhamos ido na noite anterior, encontrar o Rodrigo e dar tchau pra Fran e pro Vini.

Rodamos e acabamos saindo exatamente na rua do acampamento, hasta luego gurizes, bom agora era o Rodrigão. Nada e nada, vamos embora, que pena não encontrar. Mas logo depois decidir ir andamos como 100 metros e encontramos ele. Nada de hasta luego, vamos juntos pra Valizas. A Fran e o Vini não encontramos mas quem sabe depois.

Parque Santa Tereza já é um point de brasileiros aqui no Uruguai e tem todo o dever de ser, pois tem tudo que poderíamos esperar. Praias, ondas, camping, natureza e vida selvagem. Hasta Luego Santa Tereza que boa vibração, viemos passar só algumas horas e ficamos mais de um dia, se pudéssemos ficaríamos muito mais. Que venha Valizas, agora em Komboio.

 

Veja mais fotos do Parque Santa Teresae de por onde andasmos!

Se você leu esse post e conseguiu:

  • Se sentir a dentro de nossa Kombinet vivendo essa história com a gente;
  • Alguma dessas informações te foi útil
  • Se inspirar a fazer alguma coisa
Então clica no botão ao lado e nos faz uma doação. 

 

Blog Post Location

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *