Chegamos na Argentina

Postado por

Pegamos o Ferryboat as 5:30 da manhã, chegamos com a Kombi na entrada do embarque, só um podia ir dirigindo, então Rodrigo que já estava no volante se encarregou de levar o carro até o lá e depois ir para a imigração, onde estava Daniela.

A Fronteira do Uruguai para a Argentina foi bem tranquila, nos dirigimos a uma pequena e ágil fila que te direcionava primeiro a imigração onde fizemos a saída do território Uruguaio e depois a entrada em território Argentino, ao lado o quiche da Aduana onde demos saída do Veículo no Uruguai e entrada na Argentina.

01_buenos_aires_la_plata Se você curte a paisagem então pode subir para um espaço ao ar livre o terraço, onde da pra fazer fotos lindas se não estiver ventando muito frio, como estava naquele nascer do sol. Depois que vimos o sol nascer fomos descansar, e como havia lugar sobrando deitamos sobre o assento de três poltronas cada um.

Acordamos quando estávamos chegando em Buenos Aires, no alto falante uma voz nos informava que quem estava de carro deveria se dirigir ao mesmo e aguardar a saída. Foi o que fizemos, fomos para o carro e esperamos nossa vez, quando chegou nossa vez fomos encaminhados a uma fila de saída onde pararam nosso carro para uma pedir a documentação (documento do carro e documentação de imigração temporária do carro, feito na aduana, não pediram carta verde) e logo depois fazer a revista com o cachorro, um lindo labrador preto que entrou cherou e saiu.

Tudo ok entramos de verdade em Buenos Aires a Capital Argentina, havíamos saindo de praias pequenas, pouca gente, de rodas de viola a luz do luar e ao lado de um lindo farol, para cair direto em uma mega metrópole, uma série de carros e asfalto se apresentou. Em vez do som de pássaros aquele som típico que só as mega cidades possuem, são de agitação.

Fomos direto trocar dinheiro afinal ainda não tinhamos pesos argentinos. Fizemos o câmbio na Rua Florida sem maiores complicações e depois tratamos de abastecer o carro. Era cedo, fomos abastecer e como conseguimos a senha do Wifi, ficamos um pouco no posto para atualizar as redes sociais.

05_buenos_aires_la_plata

Depois do meio dia levantamos acampamento, passamos em frente a Casa Rosada, o Obelisco e com certeza são lindos de se ver. Toda a Arquitetura de Buenos Aires é linda. Muitos prédios antigos com todos os rococó que lhe pertencem. Contrastando com os prédios modernos e esculturas de Arte, na Avenida principal em cada canteiro centro você vê uma escultura um busto, a que mais nos chamou a atenção foi um de Dom Quixote.

Muitos bares, restaurantes, casas noturnos, afinal essa é uma cidade muita vida noturna. Todas as ruas eram lotadas de carros estacionados, parecia que cada vaga já tinha sido ocupada. Não havíamos conseguido contato com ninguém de Buenos Aires e todos nos avisavam dos perigos de uma grande cidade, com tudo isso e mesmo com um pesar absurdo resolvemos partir depois de apenas 4 horas rodando.

Terminado o passeio cultural, pegamos a estrada, dormiríamos no caminho em algum posto de combustíve. Hasta Luego Buenos Aires e La Plata, a atual e a primeira capital argentina. Buenos Aires, sei que poderiamos te desbravar e conhecer por semanas, mas não foi dessa vez, quem sabe na próxima. Agora era rumo a San Clemente del Tuyu, nosso próximo destino.

Entramos e fomos conhecer o interior da igreja, vitrais e esculturas em tamanho real de algumas cenas bíblicas e de alguns santos, só a pía batismal onde esta a água benta na entrada da igreja é absurda.

Durante a semana existem excursões para se conhecer as duas torres da igreja, uma delas se chama Maria e a outra Jesus, mas infelizmente nas segundas esses passeios não ocorrem. Mas mesmo com tudo que tem uma igreja gótica que te prende a atenção, o que mais nos admirou foi que existe na frente da igreja, em um piso mais a baixo um bar. Isso mesmo um bar, além disso existe a lojinha de suvenir. Tudo super moderno, com direito a wifi mesclada com uma decoração própria de uma igreja gótica.
chegamos-argentina1

Se você leu esse post e conseguiu:

  • Se sentir a dentro de nossa Kombinet vivendo essa história com a gente;
  • Alguma dessas informações te foi útil
  • Se inspirar a fazer alguma coisa
Então clica no botão ao lado e nos faz uma doação. 

 

Blog Post Location

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *